As Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC), como a Prevdata, têm despesas administrativas como qualquer outra empresa: contas de luz, telefone e água; tributos; salários; mobiliário; recursos tecnológicos; manutenção em geral; limpeza etc.  A origem dos recursos que cobrem tais gastos é pequena parcela das contribuições que os participantes fazem para seus planos de benefícios e de parte da rentabilidade do patrimônio investido: o chamado Custeio Administrativo.

Tais valores são direcionados ao Plano de Gestão Administrativa – PGA, cujas características podem ser consultadas no documento a seguir:

GESTÃO EFICIENTE QUE GERA REDUÇÃO NAS DESPESAS

A legislação estabelece como limite anual para essas despesas o equivalente a 9% da soma de todas as despesas com pagamentos de benefícios e receita previdenciária ou 1% do patrimônio total gerido, à escolha da EFPC.

Em 2020, esse valor foi de R$ 16,970 milhões na Prevdata. Todavia, os gastos no período somaram R$ 13,539 milhões — um total abaixo do limite legal estabelecido, fruto de uma gestão eficiente, que segue a tendência dos anos anteriores, onde a Entidade também teve despesas menores que o máximo permitido.

DISTRIBUIÇÃO DAS DESPESAS EXECUTADAS


Fonte: Relatório Anual de Informações 2020 da Prevdata

Nota-se que a maior parte dos custos administrativos é referente à remuneração de pessoal, uma vez que é fundamental  ter uma equipe com especialistas capacitados. Isso exige uma remuneração justa, que contemple tanto os seus conhecimentos quanto a enorme responsabilidade de “ter nas mãos” o futuro de milhares de famílias que confiam na Entidade.

Inclusive, em outras EFPC com características comuns às da Prevdata (as que possuem patrocínio público federal e patrimônio entre R$ 1bi e R$ 5bi), ocorre uma semelhança na distribuição das despesas administrativas – principalmente na fatia correspondente aos gastos com pessoal.


Fonte: Relatórios Anuais de Informações 2020 das Entidades citadas

Perceba, ainda, que a segunda maior fatia em todos os gráficos – relacionada às despesas com serviços de terceiros, que são essenciais para que as EFPCs possam estar em conformidade com as leis, normas e melhores práticas de mercado, com o objetivo de alcançar a sua atividade fim – também são semelhantes. Para saber mais, acesse aqui e conheça todos os nossos prestadores de serviço.

TUDO EM CONFORMIDADE

Portanto, as despesas administrativas da Prevdata, além de estarem em conformidade com a legislação, são adequadas ao porte da Entidade dentro do segmento de previdência complementar, sendo geridas de forma eficiente a ponto de proporcionar a execução dos gastos abaixo do previsto e do limite estabelecido.

Em caso de dúvidas, utilize o nosso Fale Conosco.